Segunda-feira, 23 de Agosto de 2021, 10h:40 - A | A

Conheça a AML

Os onze primeiros anos de existencia da academia Mato-grossense de letras

A criação, constituição e vida intelectual do Centro Matogrossense de Letras

Elizabeth Madureira Siqueira

academia de letras

 

Durante o século XVIII, a história de mato Grosso esteve intimamente atrelada a questões geo-políticas, sendo que da parte cultural muito pouco conhecemos, a não ser informações esparsas sobre a existência de algumas aulas régias, a apresentação de peças teatrais e trabalhos de escultores responsáveis por grande parte do atual acervo de arte sacra.

No século seguinte, até pelo menos, a primeira metade, reproduziu-se o cenário colonial, sendo que o grande marco de transformação regional está ficando a partir de 1870, marcado pela abertura da navegação pelo Rio Paraguai, via estuário do Rio da Prata, aquavia através da qual penetrou em Mato Grosso não somente capital e maquinaria estrangeiros, mas também novas idéias e, especialmente, novas formas de comunicação.

Atrelado a esse movimento, o sistema educacional, já institucionalizado, a partir da constituição de 1824, através do corpo legislativo, ganhou força com o Ato Adicional (1834) e da Lei de 15 de outubro de 1827, quando a instrução primária e secundária deixaram de ser uma responsabilidade do governo central para ficar à cargo do Presidente da província e da Assembléia legislativa a partir de 1835, ano que marcou o inicio dos trabalhos legislativos em Mato Grosso.

O ensino primário, tão somente, não fora capaz de congregar um grupo de pensadores regionais, porem, a criação dos estudos secundários iniciados pelo Seminário da Conceição e mais tarde com o Liceu Cuiabano, ensejaram o surgimento de um grupo de intelectuais responsável não somente pela formação dos jovens, mas, também, pelo seu encaminhamento nos estudos superiores junto aos centros mais avançados da época – Rio de Janeiro, São Paulo, Salvador e Rio Grande. Estes jovens retornavam a Mato Grosso trazendo bagagem de conhecimentos adquiridos e desejando, naturalmente, estimular estudos e pesquisas sobre a realidade regional.

Foi esse grupo, em 1919, o grande responsável pela fundação do Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso, o qual teria como tarefa não somente resgatar e preservar a documentação histórica regional, como, também, promover, no interior da instituição, debates e discussões que fossem capazes de interferir no cenário político-cultural de Mato Grosso.

 Clique nas datas para visualizar os conteúdos.

1921
1922
1923
1924
1925
1926
1927
1928
1929
1930

1931
1932
1944 - 40 Cadeiras
nossa historia cadeiras

 

Instituto Histórico e Geográfico de Mato Grosso - IHGMT

Rua Barão de Melgaço nº 3869, Centro

© Copyright 2022 - IHGMT - Todos os direitos reservados